ARTIGO INFORMATIVO - Publicado em: 03/06/2020

Atual cenário econômico exige cautela ao alugar um imóvel em Natal.


O aluguel de apartamento em Natal ou de qualquer outro tipo de imóvel é uma realidade incontestável para boa parte das pessoas. Afinal, nem todo mundo tem condições de comprar um imóvel (ao menos não em determinado momento) ou mesmo não quer ou não pretende comprar um tão cedo. Contudo, isso não exime aspessoas de terem uma enorme cautela na hora de alugar um imóvel, sobretudo no atual cenário econômico brasileiro.

Com efeito, o país é afetado por uma crise econômica bastante dura e complicada. Para agravar ainda mais a situação, desde o início do ano o Brasil e o mundo foram profundamente afetados pela pandemia do novo coronavírus. Essa nova e terrível doença não apenas causou, obviamente, impactos na saúde em geral, mas também na economia.

Diante deste contexto, em que a situação do mercado de trabalho e a situação como um todo, é fundamental que as pessoas tenham o máximo possível de cautela quanto a locação de imóveis em Natal.

Os cuidados na locação de imóveis no atual cenário

Devido ao fato desse novo vírus ter um potencial de contaminação muito grande, as medidas e protocolos oficiais feitos por conceituados órgãos ligados a saúde é de isolamento social e evitar aglomerações. Sem querer, isso obviamente também atingiu muitas empresas, que tiveram que parar, total ou parcialmente, suas atividades.

Com a paralisação dessas atividades, a economia também não gira, o dinheiro não circula, as coisas não se movimentam. Sem produção de riquezas, seja por meio da confecção de produtos ou oferta de serviços, não se gera dinheiro. Mas as despesas com pessoal e outros custos direta ou indiretamente ligados à produção e à manutenção e existência da empresa continuam existindo.

Com isso, muitas empresas optaram por demitir uma parcela dos seus funcionários. Há até mesmo empresas menores que fecharam. Isso sem falar nos microempresários, nos prestadores de serviço, autônomos e profissionais liberais, que foram particularmente bastante prejudicados com isso tudo.

Tendo todo esse cenário econômico à frente, todo cuidado é pouco na hora de alugar um imóvel. Afinal, o aluguel é uma despesa que ocupa uma porção considerável do orçamento mensal. Isso sem falar no fato de que há o contrato de locação, que possui um período mínimo de duração, normalmente de um ano.

Os impactos no novo coronavírus na locação de imóveis

Há uma preocupação a nível geral e bastante compreensível por parte dos locadores e também dos locatários no que se refere aoimpacto do coronavírus no mercado imobiliário, sobretudo na locação de imóveis em si.

Incontáveis locatários passaram a pedir uma maior flexibilidade dos proprietários com relação ao pagamento dos aluguéis, por conta da redução ou até mesmo de uma verdadeira estagnação das atividades econômicas do segmento no qual eles trabalham.

A situação presente demanda muito cuidado e uma grande seriedade no processo de tomada de decisões com os potenciais impactos em toda a cadeia econômica do setor financeiro e imobiliário. Como uma boa parte do setor financeiro tem seu lastro nos recebíveis do mercado imobiliário, quando esse é prejudicado, também afetará o financeiro.

O mercado imobiliário é muitíssimo amplo e envolve não apenas as casas para alugar em Natal, mas também as locações comerciais. Em ambos os casos, a recomendação é que as duas partes busquem, essencialmente, estabelecer um diálogo aberto e amigável.

Uma das soluções mais comuns encontradas nesse momento tem sido o adiamento dos aluguéis, em termos parciais ou totais, de acordo com a dificuldade momentânea do locatário e por um prazo determinado e curto.

Por Nathan Florêncio

Faça seu comentário





O preenchimento de todos os campos são obrigatorios.

Comentários

Por: - em 31/12/1969