JUDICIARIO - Publicado em: 12/06/2015

Presidente da Assembléia destaca participação da justiça eleitoral no regime democrático


O presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, Ezequiel Ferreira de Souza (PMDB), participou nesta sexta-feira (12) de uma sessão solene promovida pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RN) em homenagem aos 70 anos de reinstalação da Justiça Eleitoral no Estado. De acordo com o parlamentar, a instituição é guardiã da democracia.

“A instalação da Justiça Eleitoral se confunde com a construção da democracia. O voto é a expressão da cidadania e esse direito é assegurado por ela. Hoje, 70 anos após a sua reinstalação, parabenizo todos que integram o TRE/RN”, disse Ezequiel.

O deputado ressaltou que o direito ao voto tem que ser exercido em sua plenitude. “Votar é depositar não só o voto, mas a confiança e a certeza de que o seu voto é inviolável e quando somado aos outros, representa o desejo da maioria do povo. Esta inviolabilidade e a soma correta deles, é jurada pela Justiça Eleitoral”, declarou.

Segundo o presidente do Tribunal Regional Eleitoral do RN, desembargador Virgílio Macêdo Junior, a instituição avançou significativamente ao longo dos últimos 70 anos e tornou-se uma das entidades de maior credibilidade no país. “Os avanços acumulados nesse período são evidentes. O processo eleitoral é bastante confiável e continuaremos trabalhando em prol da sua lisura”, afirmou.

Para a vice-presidente da instituição, desembargadora Maria Zeneide Bezerra, a urna eletrônica e o cadastro biométrico colocam o processo eleitoral do Brasil como um dos mais eficientes e seguros do mundo. Zeneide disse que a meta da Justiça Eleitoral é equiparar, até 2018, a biometria em todos os municípios brasileiros. “Estou convicta de que o TER/RN contribui para uma sociedade mais participativa, justa e democrática”, declarou.

Faça seu comentário





O preenchimento de todos os campos são obrigatorios.

Comentários

Por: - em 31/12/1969